Embora o objetivo de qualquer negócio seja ser bem-sucedido e lucrativo, essa tarefa não pode ser realizada sem o ponto de equilíbrio contábil. 

As empresas nascem com o objetivo de gerar valor por meio de uma atividade econômica. É comum que o caminho seja complicado e antes de atingir uma lucratividade desejada, os números e saldos estejam vermelhos. 

Algum tempo depois, se os esforços forem feitos na direção certa, inevitavelmente atingirá o limiar marcado pelo ponto de equilíbrio.

No artigo que preparamos abaixo, falamos mais da importância do ponto de equilíbrio contábil, e como isso pode ajudar o lado financeiro do seu negócio. Confira!

O que é o Ponto de Equilíbrio Contábil?

Em uma empresa ou negócio, o ponto de equilíbrio contábil é o ponto em que o valor da receita de vendas é exatamente igual à soma dos custos fixos e custos variáveis.

Neste ponto, a empresa não tem lucro nem prejuízo. Portanto, quando o nível de vendas aumenta, gera lucro e, inversamente, quando o nível de vendas diminui, a empresa incorre em prejuízo.

Para aplicar ou conhecer o ponto de equilíbrio, é necessário reclassificar os custos e despesas da empresa em dois grupos:

  • Custos fixos: São aqueles que ocorrem independentemente do volume de vendas. Exemplo: Arrendamentos, salários, serviços públicos ou pagamento de seguros.
  • Custos variáveis: São aqueles que variam diretamente com o volume de vendas da empresa. Exemplo: comissões de vendas, impostos, combustível, publicidade, custos de distribuição, etc.

Conhecer o ponto de equilíbrio contábil permite que o empreendedor formule políticas e tome decisões sobre o nível de produção, quantidades de produtos ou serviços a serem comercializados em um curto espaço de tempo para aumentar o nível de lucro, levando em consideração variáveis ​​como preço, custos fixos, custos variáveis ​​e volume de vendas.

Leia também::: Qual a diferença entre receita e faturamento?

Importância do ponto de equilíbrio

A análise do ponto de equilíbrio contábil pode ajudar as pessoas que estão pensando em abrir uma empresa ou que já estão administrando um negócio. 

Essa métrica ajuda a determinar a viabilidade de uma empresa e as práticas que permitem melhorar as operações atuais. Todo negócio precisa fazer sentido financeiro. Em momentos em que lucrar parece uma missão impossível, o atual modelo de negócios pode ser ajustado para reduzir custos e gerar mais dinheiro.

Administrar um negócio significa gastar dinheiro antecipadamente em uma ampla variedade de custos fixos necessários para fazer negócios. Da mesma forma, você deve pagar por cada unidade ou serviço produzido. 

Saber o número exato de unidades que são necessárias para vender ou quantas horas de serviço são necessárias para ser lucrativo oferece maior tranquilidade e estabilidade sobre o futuro de uma empresa. Afinal, o ponto de equilíbrio traz clareza aos movimentos financeiros, de acordo com o modelo de negócios de uma organização.

Os proprietários de negócios de hoje podem se beneficiar da análise de equilíbrio para testar suas estratégias de preços ou para determinar se o desenvolvimento de um novo produto ou serviço é apropriado. 

A análise do ponto de equilíbrio permite determinar se é possível lançar novos produtos, com base em dados que mostram, por exemplo, quantas unidades ou horas de prestação de serviço devem ser feitas para atingir o ponto de equilíbrio. 

Leia também::: Quanto do lucro deve ser investido na empresa?

Fique atento ao ponto de equilíbrio

Em suma, o ponto de equilíbrio contábil é uma métrica contábil utilizada em diferentes áreas de negócios e finanças e se refere basicamente ao nível de produção em que o total de receitas geradas é igual ao total de custos de produção. 

Para qualquer empresa que pretende crescer, o ponto de equilíbrio não é a meta em si, mas o mínimo absoluto. 

Os gestores devem usar esses números como indicadores de motivação para empatar e motivar a equipe para que cada novo trimestre ou semestre faça a diferença. 

Uma análise de ponto de equilíbrio é vital para acompanhar o número necessário de vendas necessárias para cobrir os custos. 

Por fim, esperamos que o conceito de ponto de equilíbrio contábil tenha sido claro e, para melhorar seu controle financeiro na empresa, confira nosso artigo “Controle financeiro: Dicas para alavancar seu negócio”.